Centro Richard Gilder para a Ciência é nova atração do Museu Americano de História Natural – Voupranos

Centro Richard Gilder para a Ciência é nova atração do Museu Americano de História Natural

Nova York está ainda mais interessante para ser visitada: o Museu Americano de História Natural inaugurou em 4 de maio o Centro Richard Gilder para a Ciência, Educação e Inovação, abrindo uma nova era para o museu, para o público nova-iorquino e para visitantes de todo o mundo. O Richard Gilder Center for Science, Education and Innovation, aclamado internacionalmente como uma façanha arquitetônica e contando com áreas de pesquisa e acervos científicos do mais alto nível, salas de aula de última geração e exposições altamente inovadoras, abriu as portas ao público, projetando o Museu a uma nova era.

Centro Richard Gilder – Divulgação

O Centro Gilder incorpora a missão de ciência e educação do Museu em todos os sentidos — incluindo suas diretivas de despertar a curiosidade e a admiração por meio de novas exposições em espaços de design espetacular e de proporcionar novos espaços onde acervos de pesquisa, exposições e aprendizado possam andar de mãos dadas. É um esforço que destaca ainda mais o papel primordial que os acervos de história natural desempenham na promoção das descobertas científicas e como fonte de experiências mais profundas que conectam visitantes às evidências e aos processos da ciência por meio de exposições e programas altamente envolventes. O novo edifício também melhora a experiência de visita do local, criando novos caminhos contínuos que atravessam os quatro quarteirões do campus e conectam edifícios construídos ao longo de quase 150 anos.

Centro Richard Gilder – Divulgação

“O Museu Americano de História Natural é um dos maiores tesouros de Nova York, tornando a ciência e a tecnologia acessíveis a estudantes de todas as idades”, disse a governadora do estado de Nova York, Kathy Hochul. “O Governo do Estado de Nova York teve o orgulho de contribuir para a criação do novo Centro Gilder para a Ciência, Educação e Inovação com financiamento por meio da iniciativa do Conselho de Desenvolvimento Econômico Regional. Este projeto transformador oferece ao público nova-iorquino e a visitantes de todo o mundo a oportunidade de vivenciar as novas e vastas perspectivas que o Museu nos traz de nosso mundo natural.”

Centro Richard Gilder – Divulgação

Projetado pela Studio Gang, escritório internacional de arquitetura e design urbano liderado por Jeanne Gang, o Centro Gilder é o mais recente de uma série de grandes projetos que transformaram o campus do Museu, seus espaços científicos, educacionais e de exposição e todas as quatro fachadas nos últimos trinta anos. As obras incluem a da fachada que dá para Central Park West (2012 e 2021) e a do “castelo” na 77th Street (2009), que foram cuidadosamente restauradas.

Centro Richard Gilder – Divulgação

O Centro Gilder em detalhes

O Centro Gilder, com 21.367 m² de área e US$ 465 milhões em investimentos, foi anunciado em 2014 e inclui seis andares acima do solo (quatro dos quais abertos ao público) e um subsolo. O projeto construiu 33 novos caminhos entre 10 edifícios do Museu para conectar todo o campus, e cria ainda uma nova entrada no lado oeste do Museu no Parque Theodore Roosevelt (esquina da Columbus Avenue e 79th Street).

Centro Richard Gilder – Divulgação

Visitantes que vêm da Columbus Avenue veem o Centro Gilder como um edifício situado em um parque, construído na mesma altura dos prédios mais antigos do Museu que o ladeiam, com curvas suaves e fluidas. As áreas adjacentes do parque também ganharam benfeitorias, com um novo projeto paisagístico desenvolvido pela Reed Hilderbrand (com contribuições da comunidade) que traz mais caminhos e áreas de descanso.

Centro Richard Gilder – Divulgação

Oferecendo uma conexão visual entre os dois lados do campus, a fachada ondulada do Centro Gilder, com suas extensões convidativas de vidro temperado seguro para pássaros, é revestida em granito rosa Milford, a mesma pedra usada na entrada do Central Park West. O padrão diagonal dos painéis de pedra evoca tanto as camadas geológicas da Terra quanto a superfície ricamente texturizada e sinuosa da estrutura de alvenaria da seção do Museu que dá para a 77th Street.

Centro Richard Gilder – Divulgação

Ao entrar no Centro Gilder, visitantes chegam ao Átrio Exploratório Kenneth C. Griffin, um grande espaço de cinco andares iluminado pela luz natural rodeado por claraboias de grande escala. O design do edifício é inspirado pela forma como o vento e a água esculpem paisagens emocionantes de se explorar, bem como as formas criadas pela água quente quando talha blocos de gelo.

Centro Richard Gilder – Divulgação

Publicado em: 13/06/2023
Atualizada em: 13/06/2023
Quero contribuir com essa matéria dos Voupranos

EUA

10 estações de esqui para curtir a neve nos EUA Estados Unidos

10 estações de esqui para curtir a neve nos EUA

  • Quem vai aos EUA durante o inverno encontra ótimas experiências nos resorts de neve
  • Aqui, você encontra uma seleção com as 10 melhores montanhas para esquiar ou apenas curtir o inverno nos EUA