Conheça o World of Wine (WOW), no Porto – Voupranos

Conheça o World of Wine (WOW), no Porto

Adobe Stock: Porto, Portugal skyline – Samael334

É em Vila Nova de Gaia, coladinha no Porto, que são feitos os famosos tours com direito à degustação pelas caves centenárias que, ainda hoje, armazenam parte da produção de Vinho do Porto. E se já era divertido ir até lá para bebericar observando o skyline da metrópole portuguesa do outro lado do Douro, a experiência ficou ainda melhor com a inauguração do World of Wine (WOW).

É nesse complexo de museus e restaurantes, erguido recentemente em meio a antigos armazéns de vinícolas, que você descobre que as videiras que produzem o Vinho do Porto ficam, na verdade, longe dali, cerca de 100 km rumo ao interior. Elas reinam absolutas nas escarpas do Alto Douro, uma das regiões mais inebriantes do mundo, tombada pela Unesco como Patrimônio da Humanidade.

No WOW, também contam a você que o primeiro registro de embarque com a designação informal do Vinho do Porto ocorreu em 1678. Àquela época, uvas como touriga nacional, tinta cão e tinta roriz já eram colhidas à mão e processadas nas cantinas das cidades de Pinhão e Régua. Durante a produção, tinham a fermentação interrompida para receberem cerca de 20% de aguardente vínica, criando o que, com o tempo, transformou-se em um dos vinhos mais apreciados do planeta.

Ao longo dos anos, para ser exportada para outros países, sobretudo os do Reino Unido, onde se popularizou, a bebida passou a ser transportada Douro abaixo por folclóricos barcos chamados de rabelo até chegar ao Porto, bem pertinho da foz no Oceano Atlântico.

Uma vez lá, eram estocadas em Vila Nova de Gaia para envelhecer. Do Porto, portanto, o famoso vinho local roubou apenas o sobrenome de uma cidade que já era consagrada, mas cuja ligação com a produção sempre foi a de apenas oferecer o selo de partida para que a bebida ganhasse o mundo.

Museus do WOW

Entre os museus do WOW, o que mais se destaca é o The Wine Experience, uma vez que ele é didático e leve ao mesmo tempo, deixando de lado qualquer ar esnobe. Amplo e atraente, o espaço aposta na interatividade, com pequenos desafios e jogos de conhecimento a respeito das regiões vitivinícolas de Portugal e do mundo. Há salas que provocam os sentidos ao propor, por exemplo, uma identificação dos aromas mais característicos dos vinhos.

Das amostras dos mais variados tipos de solos e castas aos processos de vinificação, tudo é abordado em detalhes por lá. Destaque para a explicação a respeito das diferenças entre terroir, com um mapa mundi das regiões vinícolas, e também para a imersão nos vinhos portugueses.

Outros museus que valem a visita no WOW são  o Planeta Cork, que aborda a importância da rolha na fabricação dos vinhos (você sabia que 50% do que é “sacado” das garrafas pelo mundo vem da casca de centenários sobreiros que ficam em território português?), e o The Chocolate Story, onde é possível fazer degustações de chocolates harmonizados com a bebida de Baco.

Para os mais curiosos, vale a pena passar no The Bridge Collection, dedicado aos copos e sua relação com a humanidade. Ali há mais de 1.800 peças, que leva a uma jornada de 9 mil anos retratada em cálices usados por papas, imperadores e em festividades pelo mundo. O artefato mais antigo data de 7 mil antes de Cristo.

O museu Pink Palace, por sua vez, é o rosé na veia. Com atmosfera descontraída, reúne cinco experiências que retratam a diversidade de uma bebida versátil e cuja personalidade está associada a momentos alegres. A degustação passa por rótulos como Quinta do Vale do Bragão Rosé, AIX Gran Vin de Provence Rosé, Mateus Rosé, Vértice Rosé Bruto e Croft Pink Rosé Port.

Este é, sem dúvida, o espaço mais “instagramável” do WOW. Em uma das salas, o visitante pode mergulhar em uma piscina de bolinhas cor-de-rosa. Em outra, que simboliza a Califórnia, um Cadillac rosa aguarda passageiros ávidos por aparecerem bem nas redes sociais.

Adobe Stock: wow cant believe it – Kelly

Praça gastronômica

O WOW não é apenas um quarteirão cultural dedicado ao vinho, mas também um lugar para comer bem – e, de preferência, com boas harmonizações. Afinal, há 12 restaurantes no complexo, sendo que sete deles ficam no entorno da praça central. Ali, o acesso é gratuito até mesmo para quem deseja somente passear, o que é altamente indicado por conta das vistas oferecidas para o Porto.

Para os amantes das carnes, um dos melhores endereços do pedaço é o 1828, que serve cortes típicos da região do Minho e da Galícia, ótimos para serem acompanhados por Vinhos do Porto. O The Golden Catch, por sua vez, tem como estrela do cardápio o bacalhau.

Os vegetarianos encontram um menu especial no Root & Vine, enquanto no T&C é possível provar a famosa Francesinha. Típico do Porto, o sanduíche é feito com três fatias de pães recheadas com três tipos de carne: presunto, bife de vaca e linguiça, tudo isso coberto por queijo.

Na hora de fazer um brinde, quem desponta como melhor escolha é o Ange’s Share. Com ambiente sofisticado, o bar oferece uma vista privilegiada do Douro. Na carta, além de coquetéis signatures, há um vasto repertório de vinhos servidos em taça, um dos mais ecléticos da região do Porto.

 

Adobe Stock: Portugal – Freesurf

CONVITE ESPECIAL

A agência Voupra atende centenas de clientes por dia sempre com o compromisso de oferecer a melhor experiência.

Quando estiver próximo da Avenida Paulista em São Paulo, passe para visitar o escritório da agência e tomar um café! Será interessante você conhecer a ampla estrutura da agência dos seus amigos aqui, os Voupranos.

Endereço: Avenida Paulista,  1079 – São Paulo

O objetivo da agência Voupra é sempre criar um vínculo duradouro com os clientes, proporcionando experiências incríveis, para que essa relação de fato se torne especial por muitos anos.

VEJA TAMBÉM:

O Voupranos possui a missão de ajudar o viajante brasileiro na hora de planejar sua próxima viagem e se informar sobre tudo que acontece de mais importante para o turista do Brasil.

Todos os artigos, notícias e dicas de viagem do Voupranos são preparados por especialistas em turismo, jornalistas e conta com a curadoria da Editora Europa. A atualização é diária e o portal já conta com centenas de páginas com informações dos principais destinos procurados pelo público brasileiro.

O site de notícias Voupranos tem a proposta de ser um portal leve, divertido e empolgante, com a ambição de se transformar em um dos maiores portais do Brasil, com o desejo de mais que informar, levar a alegria e diversão para todo o seu público.

Além dos artigos que funcionam como guias rápidos de cada destino, o portal traz diariamente novas notícias do mundo do turismo. Tudo com foco no viajante, que deseja planejar excelentes férias com o melhor investimento. Visite o Voupranos sempre que desejar explorar um mundo de novidades em muitos destinos.

portal Voupranos é um investimento ambicioso da agência de viagens Voupra, conhecida pelas grandes novidades que implementou no segmento de turismo nos últimos anos, e pelo forte comprometimento com seus clientes, inclusive sendo uma das raras agências com o certificado RA1000 do Reclame Aqui.

Publicado em: 02/01/2023
Atualizada em: 02/01/2023
Quero contribuir com essa matéria dos Voupranos

Portugal