Bebê elefante “Corra” encanta visitantes no Animal Kingdom da Disney – Voupranos

Bebê elefante “Corra” encanta visitantes no Animal Kingdom da Disney

Em meio à expectativa ansiosa dos visitantes, a elefante africana de 2 meses de idade, chamada Corra, entrou em destaque dia 15 de fevereiro no parque temático Animal Kingdom da Disney, marcando um momento significativo nos esforços contínuos de conservação dessa espécie majestosa e ameaçada.

WDW – Divulgação – Bennett Stoops

Mantendo-se próxima à sua mãe Nadirah, Corra embarcou em sua jornada exploratória pelo Safári Kilimanjaro, cativando os espectadores com sua admiração de olhos arregalados. Nascida em dezembro dentro dos limites do Animal Kingdom e medindo pouco mais de 3 pés de altura, Corra agora se junta a uma linhagem que abrange três gerações de elefantes fêmeas vivendo juntas, constituindo um dos raros rebanhos que coabitam em uma instalação credenciada pela Associação de Zoológicos e Aquários (AZA).

WDW – Divulgação – Bennett Stoops

“Este nascimento, como todos os outros, desempenha um papel crucial na sustentação de uma população saudável de elefantes, auxiliando assim na proteção da espécie e permitindo que milhões de visitantes de todo o mundo testemunhem e apreciem sua história”, observou Scott Terrell, D.V.M., Diretor de Operações de Animais e Ciências para Experiências da Disney.

WDW – Divulgação – Bennett Stoops

A mãe de Corra, Nadirah, nativa do próprio Animal Kingdom, adiciona mais um aspecto de significado à chegada de Corra, tornando-se a primeira elefante de segunda geração a habitar os terrenos do parque. Com sua tia Stella, nascida em 2016, renunciando ao título de elefante mais jovem no safári, Corra encontra-se cercada por uma rede de apoio de modelos a seguir, incluindo sua outra tia Luna e a avó Donna, promovendo laços familiares fortes, cruciais para seu desenvolvimento.

WDW – Divulgação – Bennett Stoops

A jornada árdua que levou à introdução de Corra se estendeu por quase dois anos, com um planejamento e observação meticulosos desempenhando papéis fundamentais. Desde discernir a prontidão de Nadirah para a maternidade até orquestrar sua introdução a Mac, o pai, cada passo foi meticulosamente executado pela equipe de cuidados com os animais e endocrinologistas. Ultrassons regulares garantiram a saúde tanto da mãe quanto do filhote, com a participação voluntária de Nadirah facilitando um processo de monitoramento sem intercorrências.

O nascimento de Corra não apenas celebra a culminação do planejamento cuidadoso e da dedicação, mas também destaca os heróis desconhecidos que trabalham incansavelmente nos bastidores. Desde monitorar comportamentos de acasalamento até coordenar introduções e supervisionar o processo de parto, um grupo de indivíduos dedicados à preservação da diversidade genética e ao bem-estar de espécies ameaçadas opera diligentemente, muitas vezes sem alarde.

Publicado em: 16/02/2024
Atualizada em: 19/02/2024
Quero contribuir com essa matéria dos Voupranos

Orlando