O melhor lugar para torcer pelo Brasil em Doha: se hospedar em um navio – Voupranos

O melhor lugar para torcer pelo Brasil em Doha: se hospedar em um navio

A Copa do Mundo 2022 chegou ao Catar e nosso time passou uma semana hospedado no MSC World Europa ancorado em Doha, no Catar. Veja agora como é estar no no país da Copa como se estivesse no Caribe.

“Beber perto do estádio não pode, mas no navio a bebida é quase infinita, já que o MSC Wolrd Europa tem uma fábrica de cerveja a bordo, além de vinhos e todo tipo de drink. É obrigatório usar roupas discretas para passear. No navio você pode vestir o que quiser, do biquini para as mulheres para ir as muitas piscinas, a roupa de gala para um jantar especial.

Divulgação: MSC World Europa

Resumindo é assim: dentro do navio você pode fazer tudo como se estivesse em um descontraído cruzeiro pelo Caribe. Ao sair do navio está no país da Copa do Mundo, pede um carro por aplicativo, vai ao estádio e quando volta, faz uma tremenda festa à beira da piscina se ganhou ou, se perdeu, afoga as mágoas numa relaxante massagem no Aurea SPA.

Três navios transatlânticos ancorados como hotel

Não tem erro. A MSC está com nada menos do que três transatlânticos ancorados no porto de Doha. O MSC World Europa, novinho em folha (estive na inauguração no dia 13 de novembro de 2022) e tem ainda o MSC Poesia e o MSC Opera, para quem quiser desfrutar dessa alegria, até vésperas do Natal.

Divulgação: MSC Opera

O porto de Doha tem uma posição privilegiada em relação a cidade e é bem fácil ir até os pontos de celebração na rua (caso você faça questão), ao Museu de Arte Islâmica, ou ao Museu Nacional do Catar. Fui nos dois e fui também ao Estádio 974 que dá pra ver do navio. Aliás o nome 974 é porque ele foi construído com exatos 974 contêineres reciclados e o número, não por acaso é código discagem internacional do Catar (+974). Não me deixaram entrar porém, por questão de segurança, o que acho perfeitamente aceitável e seria válido em qualquer lugar do mundo.

Divulgação: MSC Poesia

Investimento trilionário para fazer a Copa

O clima nas ruas é de festa e não pude deixar de observar que os cataris não conseguiram deixar de arregalar os olhos de espanto em ver a algazarra típica de um grupo de brasileiros reunidos — no caso nós, um grupo de jornalistas. Mas ninguém interferiu ou falou coisa alguma. Só parecia achar toda aquela alegria algo muito exótico.

O Qatar gastou um trilhão de dólares (isso mesmo, “mil milhões” de dólares) e o país cheira a tinta, de tão novinho. Há porém os choques de cultura entre torcedores de todo o mundo e o religioso e tradicional emirado absolutista hereditário comandado pela Casa de Thani desde 1925.

Roberto Araujo – Editora Europa

Mas o que interesse é a festa da Copa. E para isso, vai por mim, o melhor lugar do mundo é ficar dentro de um navio, como se estivesse em alto mar, celebrando dia e noite. Ah, e os navios são inteiramente climatizados, nada daquele calorão absurdo do deserto do Catar.”

Depoimento de Roberto Aráujo do time de jornalistas Voupranos/Editora Europa.

Publicado em: 18/11/2022
Atualizada em: 27/01/2023
Quero contribuir com essa matéria dos Voupranos

Catar