O que fazer nos arredores de Toronto, no Canadá: Ottawa e Cataratas do Niágara – Voupranos

O que fazer nos arredores de Toronto, no Canadá: Ottawa e Cataratas do Niágara

Adobe Stock: Toronto Skyline Mirror Panorama – Simon Velazquez

A veia cosmopolita e multicultural do Canadá se revela logo de cara, em Toronto, aonde chegam os voos internacionais. Mas há muito mais o que fazer nos arredores da cidade, que fica na província de Ontário.

De antemão, vale saber que o Canadá ostenta uma marca grandiosa: é dono do segundo maior território do globo. Tal mérito, porém, de certa forma não é “sentido” por aqueles que visitam a terra da cantora Céline Dion e do ator Jim Carrey (sim, ele nasceu no Canadá).

É que, diferentemente de outros vastos territórios, não é preciso cruzar a nação de avião por horas e horas para conferir o que o país tem de melhor.

Rodando cerca de duas horas desde Toronto, seja de carro, trem ou ônibus, você ficará frente a frente com a natureza opulenta representada pelas impressionantes Cataratas de Niágara. O local é protegido pelo Canadá em conjunto com o vizinho Estados Unidos, mas é o lado norte que é o mais animado.

Já a vertente histórica e a perfeita junção entre o urbano e o natural do Canadá aparecem em Ottawa, a graciosa capital onde a boa é curtir o dia ao ar livre, à beira do rio e nos graciosos jardins. Ottawa virou capital em 1855, cultivou uma personalidade muito própria e se faz presente na hora de montar um roteiro turístico ao Canadá.

As razões que levam o visitante até lá vão muito além da política, se bem que conhecer os prédios que sediam o governo é um dos pontos altos do turismo local. Mas há museus, lojas, galerias, pubs, restaurantes e diversos outros atrativos que deixam bem claro por que a maioria das pessoas escolhe Ontário para iniciar a viagem pelo país.

Veja em detalhes o que fazer nos arredores de Toronto.

Cataratas do Niágara

As majestosas Cataratas do Niágara (Niagara Falls) estão localizadas a cerca de 130 km de Toronto e têm como base uma cidadezinha charmosa chamada Niagara-on-the-Lake, quase na fronteira com os Estados Unidos. Por isso, as poderosas quedas-d’água ficam parte no Canadá, parte nos EUA.

Por conta dessa divisão, uma dúvida costuma rondar os turistas: de qual lado é possível ter a melhor experiência, o americano ou o canadense? Em termos de visual e atrações, o Canadá leva vantagem. É a partir de seu território que se tem um panorama completo das três cataratas que formam o conjunto: American Falls, Bridal Veil e Horseshoe.

Não faltam construções e mirantes para facilitar a contemplação desse espetáculo monumental da natureza. Um deles é o restaurante da Skylon Tower, que, erguendo-se a 236 metros, é uma mini CN Tower.

Outra opção, que descortina um visual ainda mais impressionante, é sobrevoar aquilo tudo de helicóptero – há passeios que duram 12 minutos e oferecem ótimas vistas.

Para observar as três cataratas mais de perto, com a perspectiva das quedas de baixo para cima, o negócio é apostar num tour de barco. Com saídas a cada 15 minutos, o passeio pode ser feito de dia ou à noite, com direito a fogos de artifício.

Sensacional mesmo, porém, é o tour que se embrenha no rochedo de onde verte aquela enormidade de água e tem acesso a dois túneis. Um deixa o visitante bem atrás da queda-d’água, enquanto o outro leva a uma plataforma aos pés da Horseshoe.

A pressão com que a água jorra é tamanha que é indispensável usar capa de chuva entregue na entrada do complexo – e também é boa ideia ter um saco plástico para proteger a câmera fotográfica.

Adobe Stock: Aerial view of the Skylon Tower and the beautiful Niagara Falls – Kit Leong

Adobe Stock: Niagara Falls – due to a cold winter ice remain in late April – Rolf_52

Niagara-on-the-Lake

Um dia é o suficiente para conhecer as cataratas e retornar a Toronto. Porém, também vale considerar um pernoite em Niagara-on-the-Lake, a menos de 30 minutos de carro das quedas d’água, que conta com excelentes hotéis e luxuosos cassinos.

O bom é que, com esse pit stop, dá para curtir sem correria um passeio delicioso: visitar uma das dezenas de vinícolas nas cercanias da cidade.

A região é famosa pelo ice wine, vinho feito a partir de uvas colhidas ainda congeladas, no auge do inverno, em dezembro e janeiro. Com isso, a fruta retém muito açúcar, e o resultado é uma bebida bastante doce, perfeita para harmonizar com uma sobremesa.

Adobe Stock: Niagara-on-the-Lake, Canada – EleSi

Ottawa

Depois de o Canadá conquistar a independência, em 1867, Ottawa, localizada a 400 km de Toronto, foi mantida como a capital do recém-criado país e consagrou-se como exemplo de qualidade de vida.

Parques e flores estão por todo canto, mas o jardim mais especial é o de Parliament Hill, colina que abriga os pomposos prédios do Parlamento, que se impõem como a principal atração.

Erguido em 1876, o prédio central foi completamente destruído por um incêndio em 1916. Reconstruído e reaberto em 1920, o edifício de arquitetura gótica é a sede do governo canadense, onde os 105 senadores e os 308 representantes eleitos pelo povo debatem e criam as leis do país.

Já que a história do Parlamento e os detalhes do funcionamento do sistema de governo são pouco conhecidos pelos brasileiros, pode ser uma boa fazer o tour guiado. Com duração de 20 a 50 minutos, o passeio é legal para quem deseja compreender um pouco da trajetória de um país que tem praticamente a mesma idade do Brasil e que, há muito, deu certo.

Também é a deixa para você entrar na espetacular Biblioteca do Parlamento, que exibe mais de 600 mil livros, e subir até o topo da Peace Tower, torre do bloco central que brinda com uma vista estupenda da capital e do jardim impecável de Parliament Hill.

A colina é cercada não apenas por gramados verdes vibrantes, como também pelo Canal Rideau. Seus 202 km de extensão foram declarados Patrimônio da Unesco, e as margens servem como ponto de encontro dos moradores. No inverno, aquelas águas se transformam numa enorme pista de patinação e, no verão, os nativos se esbaldam usando o canal para praticar caiaque e canoagem.

A área mais agitada de Ottawa, por sua vez, está presente na região de Byward Market, que ferve à noite. Esse é o endereço de lojas, galerias, mercados de frutas, pubs e restaurantes.

Adobe Stock: Fall foliage in Ottawa, Ontario, Canada. Rideau Canal Eastern Pathway autumn red leaves scenery. – Shawn.ccf

CONVITE ESPECIAL

A agência Voupra atende centenas de clientes por dia sempre com o compromisso de oferecer a melhor experiência.

Quando estiver próximo da Avenida Paulista em São Paulo, passe para visitar o escritório da agência e tomar um café! Será interessante você conhecer a ampla estrutura da agência dos seus amigos aqui, os Voupranos.

Endereço: Avenida Paulista,  1079 – São Paulo

O objetivo da agência Voupra é sempre criar um vínculo duradouro com os clientes, proporcionando experiências incríveis, para que essa relação de fato se torne especial por muitos anos.

VEJA TAMBÉM:

O Voupranos possui a missão de ajudar o viajante brasileiro na hora de planejar sua próxima viagem e se informar sobre tudo que acontece de mais importante para o turista do Brasil.

Todos os artigos, notícias e dicas de viagem do Voupranos são preparados por especialistas em turismo, jornalistas e conta com a curadoria da Editora Europa. A atualização é diária e o portal já conta com centenas de páginas com informações dos principais destinos procurados pelo público brasileiro.

O site de notícias Voupranos tem a proposta de ser um portal leve, divertido e empolgante, com a ambição de se transformar em um dos maiores portais do Brasil, com o desejo de mais que informar, levar a alegria e diversão para todo o seu público.

Além dos artigos que funcionam como guias rápidos de cada destino, o portal traz diariamente novas notícias do mundo do turismo. Tudo com foco no viajante, que deseja planejar excelentes férias com o melhor investimento. Visite o Voupranos sempre que desejar explorar um mundo de novidades em muitos destinos.

portal Voupranos é um investimento ambicioso da agência de viagens Voupra, conhecida pelas grandes novidades que implementou no segmento de turismo nos últimos anos, e pelo forte comprometimento com seus clientes, inclusive sendo uma das raras agências com o certificado RA1000 do Reclame Aqui.

Publicado em: 16/01/2023
Atualizada em: 16/01/2023
Quero contribuir com essa matéria dos Voupranos

Canadá