Atrações gratuitas em Londres – Voupranos

Atrações gratuitas em Londres

Adobe Stock: Big Ben and Westminster abbey in London, England – Alice photo

Repleta de maravilhas arquitetônicas, artísticas, consumistas e gastronômicas, Londres é temida por muitos viajantes pela fama de ser um lugar caro. Mas isso de forma alguma deve ser um impeditivo para essa viagem fascinante, já que a metrópole oferece um sem-fim de interessantíssimas atividades gratuitas.

E tudo da mais soberba qualidade, caso de alguns dos museus mais espetaculares do mundo, como British Museum (aquele com tantas múmias e sarcófagos quanto um museu egípcio), National Gallery e Tate Modern. Atrações icônicas, como a troca da guarda no Palácio de Buckingham e o interior do Parlamento, marcado pela torre do Big Bem, também têm acesso free, assim como os formosos parques e praças, mercados e uma porção de monumentos e prédios históricos, a exemplo da Tower Bridge. Sim, todas essas lindezas são visitadas sem que se gaste uma única libra.

Trafalgar Square

Entre os cartões-postais que dá para conhecer gratuitamente na capital britânica está a Trafalgar Square. Lá, o pessoal perambula e até toma sol em trajes de banho nas tardes de domingo, artistas fazem as mais diversas apresentações e, dependendo do dia, você pode topar com um protesto, show ou comemorações como Natal e Réveillon.

Um burburinho vigiado pela estátua do almirante Nelson – oficial que liderou a marinha britânica e derrotou a turma de Napoleão em batalhas como a que dá nome à praça –, que se impõe no alto de uma coluna e é circundada por quatro imponentes leões.

Adobe Stock: Trafalgar square, London – Francescograssi

Palácio de Buckingham

A troca da guarda no Palácio de Buckingham, que rola todos os dias, gratuitamente, às 11h30, também rememora as tradições militares do Reino Unido. A cerimônia é um dos pontos altos entre as atrações londrinas em torno da realeza britânica, sem dúvida a que mais desperta fascínio e curiosidade ao redor do globo.

Recomenda-se chegar cedo para garantir um bom lugar e ótimas fotos da “coreografia”, em que os guardas desfilam em movimentos milimetricamente ensaiados, acompanhados por uma bandinha militar.

Adobe Stock: Palácio Real de Buckingham – Agata Kadar

Palácio de Westminster

A despeito da adorada monarquia inglesa vira e mexe ser destaque na mídia mundial, quem define mesmo os rumos da nação é o Parlamento, cujo trabalho pode ser acompanhado ao vivo numa visita ao Palácio de Westminster, que, entre os séculos 11 e 16, serviu de residência aos soberanos britânicos.

O palácio é aquela maravilhosa e emblemática construção neogótica marcada pela torre do Big Ben, que majestosamente emoldura o Rio Tâmisa. Quando há sessões com os deputados no Parlamento, você pode entrar gratuitamente no edifício e assistir às plenárias, visitando também, claro, os requintados cômodos.

Um dos cômodos mais impressionantes é o Hall Westminster, uma das partes mais antigas da estrutura, que remonta ao ano 1099. Esse salão foi usado para coroações, julgamentos e velórios de monarcas e primeiros-ministros, a exemplo de Winston Churchill.

Adobe Stock: Palácio de Westminster – Mistervlad

Parques

A aura democrática de Londres não é vivida apenas no Parlamento. Andanças pelos parques, que ocupam um quinto do território local, também revelam a energia de todos juntos e misturados que é uma das tônicas da cidade. Nessas áreas verdes, executivos, estudantes, crianças, turistas, aposentados, pais com carrinhos de bebês, neohippies e outras tribos convivem lado a lado.

Entre os destaques está o Parque Hampstead Heath, lar de pelo menos 180 espécies de pássaros e de 23 tipos de borboletas. Um refúgio imenso e imerso entre árvores de carvalho e gramados que parece estar a quilômetros de distância do agito londrino.

Mas é só ir ao topo do Parliament Hill, nas cercanias de Hampstead Heath, para lembrar que o coração pulsante da capital está logo ao lado: do alto de uma colina, descortinam-se os prédios moderníssimos do distrito financeiro, como The Shard, arranha-céu mais alto da cidade, com 72 andares.

O Hampstead Heath tem quadras de tênis e de outros esportes, piscinas, playground e até lagos em que as pessoas podem nadar. Mas nenhum deles supera a popularidade do Hyde Park, o primeiro e maior parque real de Londres, em cujos jardins minuciosamente desenhados se sucedem árvores esplêndidas.

Concentre-se nos bucólicos arredores de Serpentine, lago que separa o Hyde Park de Kensington Gardens. Esses jardins ladeiam o Palácio de Kensington, onde vivia a princesa Diana, e, além de exibirem um memorial-fonte em homenagem a ela, mantêm várias atrações com um quê de fábula, que fazem enorme sucesso entre a garotada.

Adobe Stock: Ottawa Parliament Hill – Gilberto Mesquita

Museus

Com o corpo e a alma relaxados, é hora de enobrecer o espírito. E você pode fazer isso numa infinidade de museus célebres, muitos deles criados há centenas de anos, no apogeu do tal império onde o sol nunca se punha, e frutos da paixão inglesa por trazer, colecionar e categorizar peças e objetos de toda e qualquer natureza.

O rei entre esses complexos é o British Museum, uma instituição histórica e com entrada gratuita. Com um impressionante acervo de 13 milhões de objetos, é o endereço de preciosidades milenares que contam a história da humanidade.

Não bastassem as múmias e os sarcófagos egípcios e as esculturas e os ornamentos trazidos do Parthenon de Atenas (metade do belíssimo friso que revestia o templo está no British, o que há tempos é motivo de discórdia entre autoridades gregas e britânicas), o museu é a casa da vistosa máscara asteca de Tezcatlipoca; da Pedra de Roseta, que mistura hieróglifos e as escritas demótica e grega para decretar a adoração ao rei Ptolomeu V; e o Tesouro de Oxus, formado por cerca de 170 objetos persas de ouro e prata.

Outro ícone do universo cultural da capital é a National Gallery, casa de cerca de duas mil pinturas das mais marcantes escolas artísticas da Europa Ocidental e um dos melhores acervos mundiais do gênero. Na exposição permanente, estão obras-primas como Vênus e Marte, de Botticelli; Vênus no Espelho, de Velázquez; e Os Girassóis, de Van Gogh.

Depois de saracutear pelas salas, é uma ótima ideia comer uma coisinha no National Dining Rooms, restaurante da National Gallery e tido como um dos melhores instalados dentro de um museu da cidade. Ali você encontrará de queijos típicos a especialidades das ilhas britânicas, sem contar os bolos e as tortas que sempre parecem recém-saídos do forno.

Adobe Stock: British Museum in London, UK – Richie Chan

CONVITE ESPECIAL

A agência Voupra atende centenas de clientes por dia sempre com o compromisso de oferecer a melhor experiência.

Quando estiver próximo da Avenida Paulista em São Paulo, passe para visitar o escritório da agência e tomar um café! Será interessante você conhecer a ampla estrutura da agência dos seus amigos aqui, os Voupranos.

Endereço: Avenida Paulista,  1079 – São Paulo

O objetivo da agência Voupra é sempre criar um vínculo duradouro com os clientes, proporcionando experiências incríveis, para que essa relação de fato se torne especial por muitos anos.

VEJA TAMBÉM:

O Voupranos possui a missão de ajudar o viajante brasileiro na hora de planejar sua próxima viagem e se informar sobre tudo que acontece de mais importante para o turista do Brasil.

Todos os artigos, notícias e dicas de viagem do Voupranos são preparados por especialistas em turismo, jornalistas e conta com a curadoria da Editora Europa. A atualização é diária e o portal já conta com centenas de páginas com informações dos principais destinos procurados pelo público brasileiro.

O site de notícias Voupranos tem a proposta de ser um portal leve, divertido e empolgante, com a ambição de se transformar em um dos maiores portais do Brasil, com o desejo de mais que informar, levar a alegria e diversão para todo o seu público.

Além dos artigos que funcionam como guias rápidos de cada destino, o portal traz diariamente novas notícias do mundo do turismo. Tudo com foco no viajante, que deseja planejar excelentes férias com o melhor investimento. Visite o Voupranos sempre que desejar explorar um mundo de novidades em muitos destinos.

portal Voupranos é um investimento ambicioso da agência de viagens Voupra, conhecida pelas grandes novidades que implementou no segmento de turismo nos últimos anos, e pelo forte comprometimento com seus clientes, inclusive sendo uma das raras agências com o certificado RA1000 do Reclame Aqui.

Publicado em: 14/02/2023
Atualizada em: 14/02/2023
Quero contribuir com essa matéria dos Voupranos

Londres