10 estações de esqui para curtir a neve nos EUA – Voupranos

10 estações de esqui para curtir a neve nos EUA

Adobe Stock: Montanha Jackson Hole, Wyoming – Skiserge1

Não importa se você é fã de esqui ou não. Quem vai aos EUA durante o inverno encontra ótimas experiências nos resorts de neve, seja para deslizar montanha abaixo, seja para curtir o clima aconchegante da estação, em lodges confortáveis e, de preferência, com um bom chocolate quente em mãos.

Aqui, você encontra uma seleção com as 10 melhores montanhas para esquiar ou apenas curtir o inverno nos EUA. Tem opções no Colorado, em Utah, na Califórnia e até em no Wyoming. Veja qual é mais a sua cara e aproveite.

Adobe Stock: Yellowstone National Park, Wyoming – Martina

Jackson Hole

Esqui não é apenas sinônimo de esporte de inverno. Seu conceito transcende a prática esportiva para abranger todo um estilo de vida próprio, com resorts de montanha, restaurantes estrelados, lojas e serviços exclusivos. E nenhum lugar expressa tão bem essa proposta quanto Jackson Hole, em Wyoming.

O charme ao estilo Velho Oeste esconde uma imensa gama de atrativos, como os passeios guiados na neve para observação de animais típicos do Parque Nacional Grand Teton, que serve de porta de entrada para a reserva de Yellowstone – a casa do personagem Zé Colmeia.

Boa parte das pistas é voltada a experts, mas há também opções interessantes para snowboarders intermediários e até mesmo esquiadores iniciantes. A diversão continua no après ski (depois do esqui), marcado por baladas e shows musicais.

Adobe Stock: Grand Tetons, Wyoming – Kankankavee

Lake Tahoe

Esqui, snowboard e os outros esportes fazem a temporada de inverno ferver no Lake Tahoe, o maior lago alpino da América do Norte. Situado entre a Califórnia e Nevada, o local é rodeado pelas montanhas da Sierra Nevada, que abrigam diversas estações de esqui, principalmente ao norte, como de Kirkwood, Sierra at Tahoe, Squaw Valley, Alpine Meadows, Northstar at Tahoe e Sugar Bowl.

O resort que chama mais atenção, porém, é o Heavenly, situado nas encostas da cidade de South Lake Tahoe. A atmosfera por lá esbanja elegância, com uma rua simpática tomada por galerias de arte, butiques badaladas, cafés e restaurantes. Pertinho dali também está a vila de Stateline, para onde muita gente se dirige à noite a fim de gastar alguns dólares no cassino.

Adobe Stock: Lago Sting, Jackson Hole – Jfunk

Telluride

Um clima de sofisticação toma conta de Telluride, estação de inverno encravada no ponto mais elevado das Montanhas Rochosas, no Colorado. Mais do que o isolamento, ricos e famosos encontram por lá lojas elegantes e restaurantes premiados, boa parte deles espalhados em hotéis com spas em que águas borbulhantes esquentam quem se banha em ofurôs e observa a neve.

Para os esportistas, a grande notícia é que dificilmente as pistas estão lotadas. Isso significa também que quase não há filas nos lifts (meios de elevação), o que torna a atividade muito mais prazerosa. Mais do que deslizar montanha abaixo, quem vai à região pode fazer tours de snowmobile, escalar, andar de trenó e patinar no gelo.

Tudo isso antes de aproveitar o après ski nos bares mais badalados da região.

Adobe Stock; Telluride, USA – Kristina Blokhin

Aspen Snowmass

O gigantesco complexo de Aspen/Snowmass, no Colorado, é o queridinho dos brasileiros no país. As quatro montanhas locais – Snowmass, Aspen Mountain, Highlands e Buttermilk – não são interligadas, mas basta um único passe para conferir a personalidade peculiar de cada uma delas.

Resorts charmosos, restaurantes refinados, galerias de arte e adegas com vinhos raros são o ponto comum entre as quatro gigantes. Além, é claro, das dezenas de celebridades que aterrissam seus helicópteros e jatinhos por aquelas paragens no auge do inverno.

Kevin Costner, Seal, Mariah Carey, Kate Hudson, Elle Macpherson e o ator Jack Nicholson são alguns vips que batem cartão por lá. Para aumentar as chances de dar de cara com um deles, vale se hospedar ou, ao menos, visitar os sofisticados hotéis do destino.

Adobe Stock: Aspen, USA, Snowmass village – Andriy Blokhin

Vail

O Estado do Colorado abriga as mais importantes montanhas geladas. Além das famosas Aspen e Snowmass, abriga Vail, a montanha com maior terreno esquiável do país. O local é indicado para os amantes do esqui, do snowboard ou simplesmente para quem deseja curtir o clima de aconchego das montanhas.

É possível esquiar tanto na parte da frente, onde se concentram uma série de pistas e teleféricos, como na parte de trás da montanha, onde ficam os famosos “Back Bowls” de Vail, trajetos indicados para experts.

Para quem não gosta de esquiar, a boa notícia é que é só pegar a gôndola Eagle Bahn, a partir de Lionshead, para chegar ao Adventure Ridge, parque de diversões na neve. Nele, há atrações como o ski-biking, espécie de bicicleta que desliza na neve, o tubing, uma boia que desliza em canaletas feitas na neve, e o rebound trampoline, um tipo de bungee jumping com uma vista de arrasar.

Passeio em moto de neve – Divulgação Emprotur

Beaver Creek

Praticamente uma extensão de Vail – fica a apenas 20 minutos de carro –, Beaver Creek é mais uma das joias brancas do Colorado. Suas quase 150 pistas atendem desde iniciantes até avançados no esporte.

Por trás das enormes roupas coloridas, saiba que há sempre muitas celebridades nas pistas, sobretudo em janeiro, quando figurinhas carimbadas do cinema, da TV e da música americana adoram se reunir por lá. Eles ficam em lodges sofisticados ou mesmo em resorts elegantes.

Mas há também opções mais em conta que permitem, mais do que esquiar, patinar no gelo e participar de festivais gastronômicos e degustações de vinho. A gastronomia, por sinal, é um dos pontos fortes da estação de neve. Boa parte dos restaurantes oferece lindas vistas para a cadeia rochosa do Colorado.

Adobe Stock; Beaver Creek, Colorado – Rosemary

Steamboat

Ela não é a mais alta, a mais íngreme ou a mais desafiadora montanha do Colorado. Em compensação, tem um clima autêntico, que toma conta da vila repleta de lojas, cafés e restaurantes e, por isso mesmo, cai rapidamente no gosto dos brasileiros.

Steamboat é famosa pela neve tipo “champanhe”, um termo cunhado ali mesmo para distinguir sua qualidade em relação à de outras montanhas espalhadas pelo planeta. Assim, é possível “brindar” os seis picos locais praticando esportes durante o dia e se deliciando com a atmosfera do Velho Oeste que toma conta do comércio quando o sol se põe.

Uma boa notícia é que os ônibus por lá são gratuitos, o que facilita o deslocamento do hotel para a vila e os lifts.

Western style condominiums, in Steamboat Springs, Colorado

Breckenridge

Há quem defenda que Breckenridge é a melhor estação de esqui do Colorado, e o motivo é simples: popular, ela agrada não apenas quem deseja deslizar montanha abaixo, mas a toda a família, dos menos esportistas às crianças, que encontram por lá uma série de opções de lazer.

Situada a cerca de 130 km de Denver, a cidade histórica, fundada por conta da mineração, esbanja charme, com lojas, cafés e restaurantes erguidos em construções com estilo vitoriano. A vida noturna é bastante agitada por lá, já que existem muitos bares na região.

Durante o dia, as quatro pistas locais (Peak 7, 8, 9 e 10) vivem lotadas de esquiadores e snowboarders. A Peak 9 tem as áreas mais simples, para os iniciantes, enquanto a Peak 7 conquista os mais experientes.

Adobe Stock: Breckenridge, Colorado – Jeremy Janus

Park City

A cadeia de montanhas Wasatch, em Utah, abriga três estações de neve que enchem os hóspedes de mordomias: Canyons, Deer Valley e Park City Mountain. Deer Valley é a mais sofisticada de todas. Na região, não é permitido praticar snowboard, apenas esqui. E daí já se vê toda a exclusividade do local.

Canyons, por sua vez, é o maior resort de montanha de Utah. O local atrai muito quem viaja em família.

A terceira estrela do pedaço, Park City, é famosa por atrair esquiadores e snowboarders experientes. Há, porém, muito mais o que fazer por lá do que praticar esportes. Todos os anos, a cidade atrai uma avalanche de cinéfilos por conta do Sundance Film Festival, um dos eventos de cinema independente mais importantes do planeta.

Adobe Stock: Wasatch Mountains, Lake City, Utah – Salil

Alta e Snowbird

Um único bilhete de teleférico dá acesso às estações de Alta e Snowbird, no Utah. O local não é tão famoso entre os brasileiros porque atrai, prioritariamente, quem realmente gosta de praticar esportes na neve.

Ali estão algumas das pistas mais celebradas do mundo, sobretudo em Alta, onde não é permitido praticar snowboard. Mais democrática, sua vizinha recebe de braços abertos os fãs das pranchas de neve e também conta com boas pistas verdes para os iniciantes, embora a região seja realmente voltada aos mais experientes.

Snowbird é palco ainda do The Summit, uma edificação erguida no topo da montanha que conta com, entre outras instalações, um café do qual se tem uma linda vista da pista. Alta, por sua vez, dá de cara para o exuberante desfiladeiro Little Cottonwood.

Adobe Stock: Vail Colorado, Raisa Nastukova

Publicado em: 30/04/2024
Atualizada em: 06/06/2024
Quero contribuir com essa matéria dos Voupranos

Estados Unidos