Temporada de Cruzeiros 2023/2024 será recorde e com 203 opções de destinos – Voupranos

Temporada de Cruzeiros 2023/2024 será recorde e com 203 opções de destinos

A temporada de cruzeiros 2023/2024 promete superar todas as expectativas. Com uma duração de quase sete meses, será a maior dos últimos anos, com 203 opções de destinos nacionais que os cruzeiristas poderão explorar e mais de 840 mil leitos disponíveis, o que representa um aumento de 10% em relação a temporada anterior. A projeção é de R$ 3,9 bilhões sendo injetados na economia do país, segundo informações do Ministério do Turismo e da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (CLIA Brasil).

Costa Favolosa – Divulgação

A temporada 2023/2024 vai contar com nove navios partindo de diversos portos brasileiros. Além dos tradicionais Itajaí, Maceió, Rio de Janeiro, Salvador e Santos, há a estreia do Porto de Paranaguá. Os navios passarão por locais encantadores, como Angra dos Reis, Balneário Camboriú, Búzios, Cabo Frio, Fortaleza, Ilha Grande, Ilhabela, Ilhéus, Porto Belo e Recife. Entre os destinos internacionais estão previstos roteiros com Buenos Aires, Montevidéu e Punta del Este.

A temporada marca também o retorno do Brasil como rota importante para companhias marítimas internacionais. Com a presença de 35 navios de longo curso, que farão paradas em 45 destinos espalhados por 15 estados brasileiros, como Amazonas, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Pará, Ceará, Rio Grande do Norte, Alagoas e Rio Grande do Sul.

“A importância dos cruzeiros vai além do lazer e do turismo, pois os cruzeiros desempenham um papel crucial na economia global, gerando empregos, impulsionando o comércio local e promovendo o desenvolvimento de destinos turísticos. Além disso, eles proporcionam aos passageiros uma oportunidade única de explorar diferentes lugares, culturas e experiências, criando memórias duradouras e fortalecendo os laços entre as pessoas ao redor do país”, disse a Ministra do Turismo, Daniela Carneiro.

Finalizada em abril, a última temporada de cruzeiros transportou cerca de 700 mil cruzeiristas, crescimento de 240% em relação a temporada anterior (2021/2022).

“Depois de 2022/2023 se consolidar como a maior dos últimos 10 anos, a temporada 2023/2024 com certeza será outro recorde, mantendo a indústria de cruzeiros em um caminho ascendente, até superarmos os 805 mil cruzeiristas de 2011/2012. Quando a indústria de cruzeiros cresce, impacta positivamente a economia do país, as comunidades envolvidas na atividade e toda cadeia de turismo, como agências de viagens, operadoras de turismo, hotéis, gastronomia, entre outros setores, disse Marco Ferraz, presidente da CLIA Brasil.

 

Publicado em: 18/07/2023
Atualizada em: 19/07/2023
Quero contribuir com essa matéria dos Voupranos

Cruzeiros