MSC Euribia fará viagem inaugural com emissão zero de gases poluentes – Voupranos

MSC Euribia fará viagem inaugural com emissão zero de gases poluentes

Adobe Stock: MSC Euribia- Olrat

A MSC Cruzeiros está pronta para operar a primeira viagem com zero emissões líquidas de gases de efeito estufa. O MSC Euribia, o mais novo navio movido a gás natural liquefeito da companhia (e 22o da frota da companhia), partirá de Saint-Nazaire no dia 3 de junho rumo à cerimônia de inauguração em Copenhague, na Dinamarca, no dia 7 de junho, alcançando zero emissões líquidas durante os quatro dias de navegação. O meio ambiente e a saúde dos mares agradece.

A navegação limpa do novo navio, que deve inaugurar uma nova etapa de tecnologia na indústria dos cruzeiros, será possível por meio do uso do combustível bio-GNL, totalmente compatível com as regulamentações da União Europeia. Cada lote de bio-GNL produzido será certificado pela International Sustainability & Carbon Certification. Com a compra de 400 toneladas de bio-GNL, a MSC Cruzeiros tem investido para implementar o uso desse tipo de combustível renovável e acelerar a transição energética em seus navios.

Pierfrancesco Vago, Presidente Executivo da Divisão de Cruzeiros do Grupo MSC, destacou a importância do evento para a jornada de descarbonização da empresa e compromisso com práticas sustentáveis: “não podemos fazer isso sozinhos. Dada a importância absoluta dos combustíveis alternativos para a nossa indústria, bem como para outros setores da sociedade civil, para alcançar a descarbonização, todos temos que trabalhar em conjunto para aumentar a sua disponibilidade em escala. A nossa compra de bio-GNL enviará um sinal claro e significativo ao mercado de que há procura por combustíveis mais limpos por parte das companhias de cruzeiro e de toda a indústria marítima”.

Adobe Stock: MSC Poesia – Andrey Shevchenko

Para alcançar a navegação sem poluentes do MSC Euribia em sua viagem inaugural, a MSC Cruzeiros informou que uma equipe de especialistas em eficiência energética, tanto a bordo quanto em terra, vai trabalhar em conjunto para monitorar e otimizar continuamente todos os sistemas do navio, desde a configuração dos motores até a velocidade dos ventiladores de ar-condicionado das cabines. Todas as medidas que serão implementadas visam minimizar o consumo de combustível e garantir o conforto e a experiência de todos os hóspedes a bordo.

Michele Francioni, SVP, MSC Cruzeiros, acrescentou: “A primeira viagem do MSC Euribia será um feito incrível e representa anos de compromisso e determinação. Deverá provar que temos a capacidade de operar numa base de zero emissões líquidas de gases de efeito de estufa com a tecnologia de navios existente. E isso é apenas o começo. Não é possível fazê-lo sem que combustíveis alternativos como o bio-GNL, o e-GNL, hidrogênio verde ou o metanol verde, sejam amplamente disponibilizados em grande escala para concretizar plenamente a visão de cruzeiros com zero emissões líquidas”.

Os novos navios da MSC Cruzeiros são flexíveis em termos de combustível, e podem acomodar uma variedade de combustíveis renováveis disponíveis atualmente e esperados no futuro.

Adobe Stock: MSC Cruzeiros – Adfoto

Publicado em: 26/05/2023
Atualizada em: 26/05/2023
Quero contribuir com essa matéria dos Voupranos

Cruzeiros