Ruraltur 2023: feira de turismo rural apresenta roteiros inusitados – Voupranos

Ruraltur 2023: feira de turismo rural apresenta roteiros inusitados

Pela primeira vez em Mato Grosso do Sul, a Ruraltur, a maior e melhor feira de turismo rural do país, ocorrida entre os dias 12 e 14 de dezembro na Feira Central de Campo Grande, apresentou representantes de diversos estados brasileiros para divulgar rotas e destinos turísticos. O evento, uma iniciativa do Sebrae/MS, tem como objetivo mostrar e desenvolver de novos produtos e experiências no turismo rural do país. Conheça algumas rotas que foram apresentadas na feira.

Templo dos Pilares – Divulgação

Rota dos Pirineus: Turismo enogastronômico em Goiás
Os Pirineus são conhecidos por suas paisagens deslumbrantes e sua rica cultura, mas essa região nos arredores de Pirinópolis, em Goiás, também é um paraíso para os amantes da boa comida e do vinho, com diversas vinícolas familiares e queijarias. As propriedades vinícolas são o ponto central da Rota dos Pirineus. Nesses locais, os visitantes têm a oportunidade de conhecer os produtores locais, aprender sobre as técnicas de cultivo e produção e, é claro, degustar os vinhos premiados da região. Cada propriedade tem sua própria história e características únicas, o que torna a experiência ainda mais interessante e enriquecedora.

 

Geoparque Seridó: Um mergulho na beleza da caatinga
O Geoparque Seridó é uma região localizada no estado do Rio Grande do Norte, no Nordeste do Brasil, que encanta pela sua riqueza geológica. Com uma área de aproximadamente 6.000 km², o geoparque abrange 17 municípios, cada um com suas particularidades e atrativos. Entre eles, destacam-se Acari, Caicó, Currais Novos e Parelhas, que possuem uma infraestrutura turística bem desenvolvida para receber os visitantes. Além disso, essas cidades são ricas em cultura e tradições, proporcionando uma viagem completa para os amantes da natureza e da história.
Uma das principais atrações do Geoparque Seridó são as formações rochosas, que contam a história de milhões de anos da Terra. Entre elas, destacam-se o Monumento Natural do Seridó, com suas imponentes serras e cânions, e a Pedra do Letreiro, uma formação rochosa que possui inscrições rupestres datadas de mais de 3.000 anos. Além disso, o geoparque abriga uma diversidade de fósseis, como trilobitas e peixes pré-históricos, que encantam os estudiosos e curiosos.
Outra atração imperdível do Geoparque Seridó é o turismo de aventura. A região oferece diversas trilhas e caminhadas, que permitem aos visitantes explorarem paisagens deslumbrantes e terem contato direto com a natureza. Além disso, é possível praticar esportes radicais, como rapel e escalada, em algumas das formações rochosas mais impressionantes da região.

 

Vale dos Sertões: Rota de cicloturismo no semi-árido
Localizada no interior do Brasil, a rota de cicloturismo Vale dos Sertões oferece aos aventureiros uma experiência única em meio à natureza da caatinga. Com uma extensão de mais de 300 km, a rota de cicloturismo Vale dos Sertões atravessa municípios encantadores, como Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha, no estado do Ceará. Cada um desses destinos possui características únicas, com suas tradições e belezas naturais. Enquanto Juazeiro do Norte é conhecida por ser o berço do Padre Cícero, Crato é famosa por abrigar o Geopark Araripe, uma área de preservação ambiental com uma rica diversidade de fauna e flora.
Além das cidades encantadoras, a rota de cicloturismo Vale dos Sertões oferece uma variedade de atrações para os amantes de aventura e natureza. Durante o percurso, os ciclistas têm a oportunidade de explorar trilhas e estradas rurais, passando por belas cachoeiras, serras e vales. Também é possível visitar comunidades tradicionais e vivenciar a cultura local, conhecendo a gastronomia típica e participando de festividades regionais.
A rota também inclui paradas estratégicas em mirantes, onde os ciclistas podem contemplar vistas panorâmicas deslumbrantes da região. Além disso, os cicloturistas podem aproveitar para conhecer a história do cangaço, visitando o Museu do Cangaço em Juazeiro do Norte, que conta a história dos famosos cangaceiros Lampião e Maria Bonita.

 

Montanhas Capixabas: a beleza natural do Espírito Santo
Localizadas no estado do Espírito Santo, a região das montanhas capixabas é composta por diversos municípios, cada um com suas particularidades e atrações únicas. Destacam-se cidades como Domingos Martins, Venda Nova do Imigrante e Santa Teresa, que possuem uma infraestrutura turística bem desenvolvida, com opções de hospedagem, restaurantes e atividades de lazer.
As montanhas capixabas oferecem uma variedade de atrações para os visitantes. Uma das principais é o Parque Estadual da Pedra Azul, que abriga a famosa Pedra Azul, um dos cartões-postais do estado. Além disso, é possível realizar trilhas e caminhadas em meio à natureza exuberante, visitar cachoeiras e desfrutar de belas paisagens.
Outra atração imperdível é a Rota do Lagarto, uma estrada sinuosa que corta as montanhas e oferece vistas panorâmicas de tirar o fôlego. Nessa rota, é possível visitar o Parque Estadual de Itaúnas, conhecido por suas dunas e praias desertas.
Além disso, a região das montanhas capixabas é famosa por sua gastronomia. Os municípios locais são conhecidos por produzirem alimentos de alta qualidade, como queijos, vinhos e cafés especiais. Os visitantes podem aproveitar para conhecer as fazendas e propriedades rurais, onde é possível fazer degustações e comprar produtos locais.

Rota Rupestre – Divulgação

Rota Rupestre: descobrindo a história de Alcinópolis
Distante 330 km de Campo Grande, Alcinópolis tem como atrações inúmeras grutas, cânions, pinturas rupestres, animais silvestres e paisagens exuberantes, com registros que datam 11 mil anos. Um projeto chamado “Inventário, Avaliação, Proposição de Medidas de Conservação, Preservação, Divulgação e Gestão do Patrimônio Arqueológico de Mato Grosso do Sul” registrou 80 sítios arqueológicos dispersos por diversos municípios de Mato Grosso do Sul. O local com maior concentração de arte rupestre foi Alcinópolis, com 24 sítios arqueológicos. Um dos mais famosos é o Sítio Arqueológico do Baiano, onde é possível encontrar pinturas rupestres de diferentes épocas e estilos. Além disso, o local conta com uma estrutura de visitação que oferece informações detalhadas sobre a história e significado dessas pinturas.

Publicado em: 19/12/2023
Atualizada em: 19/12/2023
Quero contribuir com essa matéria dos Voupranos

Brasil